"SEMPRE IMAGINEI QUE O PARAÍSO FOSSE UMA ESPÉCIE DE LIVRARIA".
(Jorge Luís Borges)

sexta-feira, 30 de janeiro de 2015

Cuco - Julia Crouch

Cuco - o primeiro erro foi convidá-la para entrar...
Cuco
Julia Crouch
Ed. Novo Conceito
2012 - 464 pgs.

Polly é a mais antiga amiga de Rose. Então quando ela liga para dar a notícia que seu marido morreu, Rose não pensa duas vezes ao convidá-la para ficar em sua casa. Ela faria qualquer coisa pela amiga; sempre foi assim. Polly sempre foi singular — uma das qualidades que Rose mais admirava nela — e desde o momento em que ela e seus dois filhos chegaram na porta de Rose, fica óbvio que ela não é uma típica viúva. Mas quanto mais Polly fica na casa, mais Rose pensa o quanto a conhece. Ela não consegue parar de pensar, também, se sua presença tem algo a ver com o fato de Rose estar perdendo o controle de sua família e sua casa. Enquanto o mundo de Rose é meticulosamente destruído, uma coisa fica clara: tirar Polly da casa está cada vez mais difícil.

Para quem gosta de um bom suspense, Cuco está aí, aguardando sua leitura. De fato, nunca se sabe o que pode acontecer quando passamos a dividir o nosso teto com outros pessoas, ainda que, nossos melhores amigos. Convivência é algo muito complicado, e por mais amor que exista entre as partes, sempre haverá algo para incomodar, ainda que pequenas manias.

Rose pensava que conhecia sua melhor amiga, Polly, com quem mantinha estreitos laços desde a juventude. Bastou trazê-la para sua casa, e a convivência mostrou que nem tudo é o que parece ser.
 
Só posso dizer que é eletrizante do começo ao fim. Um thriller psicológico, que nos faz parar para analisar se, de fato, estamos enchergando as coisas da maneira certa.

Avaliei com 04 estrelas, no Skoob.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...