"SEMPRE IMAGINEI QUE O PARAÍSO FOSSE UMA ESPÉCIE DE LIVRARIA".
(Jorge Luís Borges)

sábado, 17 de novembro de 2012

A Hospedeira - Stephenie Meyer

A hospedeira
Stephenie Meyer
Intrinseca -2009
560 pags.
Sinopse:
Melanie Stryder se recusa a desaparecer. Nosso planeta foi dominado por um inimigo que não pode ser detectado. Os humanos se tornaram hospedeiros dos invasores: suas mentes são extraídas, enquanto seus corpos permanecem intactos e prosseguem suas vidas aparentemente sem alteração. A maior parte da humanidade sucumbiu a tal processo. Quando Melanie, um dos humanos "selvagens" que ainda restam, é capturada, ela tem certeza de que será seu fim. Peregrina, a "alma" invasora designada para o corpo de Melanie, foi alertada sobre os desafios de viver dentro de um ser humano: as emoções irresistíveis, o excesso de sensações, a persistência das lembranças e das memórias vívidas. Mas há uma dificuldade que Peregrina não esperava: a antiga ocupante de seu corpo se recusa a desistir da posse de sua mente.

"A Hospedeira corresponde às expectativas de sua fama: combina ficção científica e romance de uma forma que nunca dera tão certo." - Library Journal

"Com cenas inesquecíveis e perturbadoras que apontam questões fascinantes sobre distinções entre a essência da humanidade e seu corpo físico, é uma leitura arrebatadora." - Booklist

"Um thriller de ficção científica atormentador." Publishers Weekly

Mesmo na minha idade, não tenho qualquer problema em afirmar que sou, sim, uma das fãs ardorosas de Twilight, assim como sou fã de carteirinha de Harry Potter, Senhor dos Anéis, Star Wars e e tantas outras séries. Quando terminei de ler todos os livros da saga Crepúsculo, fiquei atormentada porque queria mais daquele veneno embevecedor.

Foi então que uma amiga me emprestou A Hospedeira, de Stephenie Meyer, lançado em 2009 pela Intrinseca. Até achava que já havia falado sobre ele aqui no blog, mas falha minha, esqueci. Quando me emprestou, minha amiga mencionou que não tinha conseguida sair das primeiras páginas, que era tudo muito confuso e chato.

Minha sorte é que sou teimosa, e mesmo tendo concordado com ela sobre o início, não me arrependi de ler até o final. 

Para os que gostam de ficção científica, alíens e coisas do gênero, fica a dica.

E leiam rápido, porque já está prevista a estréia, no Brasil, em 29/03/2013, o filme The Host, adaptação do livro.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...