"SEMPRE IMAGINEI QUE O PARAÍSO FOSSE UMA ESPÉCIE DE LIVRARIA".
(Jorge Luís Borges)

sábado, 19 de novembro de 2011

O Diário de Suzana para Nicolas - James Patterson

Irresistivelmente tocante.


Mesmo já tendo indicado e colocado a sinopse do livro "O Diário de Suzana para Nicolas" aqui na Biblioteca, faço questão de colocar minha opinião sobre ele, após uma das minhas mais agradáveis leituras dos últimos meses.


Diferente do que estamos acostumados a encontrar nas séries policiais de Patterson, "O Diário de Suzana para Nicolas", é uma história tocante, irresistível, comovente desde a primeira página.



Com o coração aos pedaços por conta do rompimento repentino e inexplicável de um relacionamento que demonstrava ser a grande história de amor de sua vida, Katie descobre, nas páginas de um diário, deixado em sua porta por seu grande ex-amor, que a vida nos prega peças, mas também nos ensina que julgamentos precipitados, na maioria das vezes, é o que nos arrasta para o fundo do poço.



O tal diário, escrito por uma mulher, de início, desconhecida, desperta em Katie, e nos leitores, a cada página, uma mistura de sentimentos que vão desde raiva, tristeza, até alegria e ternura e amor fraternal. 



As palavras de Suzana para Nicolas, é a história de vida de uma médica que, após sofrer um infarto, abandona uma sólida carreira e uma vida atribulada, para viver numa pacata ilha do interior, onde a vida caminha a passos lentos e equilibrados. É na calmaria dessa nova vida que ela passa a registrar, em um diário, todos os seus sentimentos e reflexões sobre a vida, para seu filho Nicolas, recém-concebido. 



E assim, lendo o diário de Suzana, vamos vivendo página por página o seu cotidiano, chorando com os seus percalços, sorrindo com suas alegrias, nos solidarizando com as suas dores e, mais ainda, amando e valorizando a vida a cada palavra. 



É impossível chegar ao fim do livro sem ter vontade de iniciar um diário e contar aos nossos filhos tudo o que se passa verdadeiramente em nossos corações, em nossos pensamentos. Contar a eles sobre os nossos medos e anseios e, registrar que o nosso amor é incondicional, independente do que aconteça em nossas vidas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...